Um mês de coragem

28/11/2018 14:13:51

 

Foi um enorme empreendimento hospedar oito crentes muçulmanos em nossa casa por um mês.

 

Eles vieram de um país vizinho onde há um crescente movimento de fé em Jesus Cristo acontecendo entre os muçulmanos. Um movimento que ajudamos a começar oito anos atrás, antes de sermos expulsos pelo governo.

 

Quando fomos perguntados se poderíamos ajudar a treinar novos crentes a fazer discípulos, concordamos prontamente e saudamos os oitos homens e mulheres que ficaram conosco um mês.

 

Todos os dias nos reuníamos por seis horas de oração, ensino e discussão. Os que estavam sendo treinados aprenderam a liderar estudos bíblicos e descobriram como fazer discípulos e ajudar a iniciar movimentos para Cristo.

 

À tarde, os estagiários saíam para colocar em prática as habilidades que estavam aprendendo. Eles procuravam pessoas de paz - pessoas que abrem as portas para o Evangelho entrar nos lares e comunidades - e convidavam homens e mulheres para estudarem a Palavra. Eles oravam em nome de Jesus pelas pessoas e compartilhavam sobre o Reino de Deus.

 

Um destaque do mês foi a viagem a um campo de refugiados há varias horas de distância. Assim que chegaram ao campo, alguns de nossos estagiários encontraram um homem de paz que os convidou para passar a noite em sua tenda. Nossos amigos não dormiram nada! Durante toda a noite, vinham refugiados querendo ouvir de Jesus. Eles compartilharam o Evangelho até com líderes islâmicos e um rei de uma tribo.Rapidamente, ficaram sem bíblias para distribuir. Quando nossos alunos saíram no dia seguinte, quatro pessoas se decidiram por Cristo.

 

O mês de treinamento foi exaustivo. Hospedar oitos convidados em nossa casa por várias semanas e falar constantemente em um segundo idioma nos estressou porém, equipar esses irmãos e irmãs ansiosos por adquirir novas habilidades, confiança e coragem para se tornarem eficazes fazedores de discípulos, valeu a pena!

 

“Eu não sabia como falar de Jesus”, disse um aluno no final do mês. “Eu estava com medo de fazer isso. Agora é fácil é normal. Estou tão animado em voltar para casa e conversar com meus vizinhos muçulmanos sobre Jesus!”

 

Outro homem compartilhou: “Agora entendo o que a Bíblia diz sobre discipulado e multiplicação. Eu tenho uma visão de como isso deve ser no meu contexto.”

 

Cada aluno retornou para sua casa com uma nova visão de como alcançar os muçulmanos e fazer discípulos. Cada um deles identificou uma aldeia ou comunidade específica onde eles se concentrariam em expandir o Reino.

 

“Descobri que gosto de compartilhar o Evangelho”, uma mulher compartilhou, “e eu me sinto mais corajosa em fazê-lo.”

 

PEDIDOS DE ORAÇÃO

 

  • Ore para que os alunos continuem estudando a Palavra de Deus, compartilhando as boas novas e estendendo a mão aos muçulmanos.
  • Peça a Deus que prepare comunidades para grandes movimentos de fé que afetem tribos e povos em toda a região.
  • Ore para que os muçulmanos que ouvem o Evangelho sejam atraídos para o Reino e sigam a Jesus Cristo.