Alcançando pequenos corações

05/12/2018 10:00:00

Deus está alcançando os corações de crianças muçulmanas no Nordeste da África – uma gincana por vez  

 

Meu colega Brooke e eu vivemos em uma comunidade muçulmana no nordeste africano onde portas permanecem abertas e turistas são bem-vindos. 

 

Todo dia, mulheres do bairro param para nos cumprimentar e conversar um pouco. Mas são seus filhos que nos visitam com mais frequência e querem ficar mais tempo. 

 

Normalmente, crianças não ficam em casas onde não há outras crianças. Brooke e eu nos perguntamos porque eles continuam vindo à nossa. 

 

Mesmo assim, nós as recebemos, brincamos com elas e lhe contamos histórias. Às vezes, quando elas aparecem, nós as convidamos e as carregamos por onde formos. Elas parecem não se importar. Essas crianças aparentam estar perfeitamente felizes só de estar com a gente. 

 

“Deixai vir a mim as criancinhas e não afasteis, porque delas é o Reino dos Céus.” (Mateus 19:14) 

Recentemente, no entanto, Brooke e eu decidimos fazer algo extravagante. Depois de pedir aos seus pais, nós organizamos uma gincana com brincadeiras. 

 

Fizemos corrida de saco e ovo na colher. Até fizemos uma competição de pegar bolinhas de gude com os pés. As crianças também desenharam, fizeram pulseirinhas de miçangas, jogaram dominó e jogo da memória. 

 

Brooke e eu tínhamos feito várias “piñatas” com balões, papéis picados, água e farinha, para estourarem. No fim da festa, as crianças revezavam tentando estourar as bolas. Quando os doces caíam sobre elas, elas gritavam de alegria e iam pra casa com as mãos cheias de doces e as bochechas doloridas, de tanto rirem. 

 

As crianças estão crescendo junto com meus colegas de equipe e eu. Somos uma parte normal das suas vidas. 

 

Eu oro pelos seus coraçõezinhos e peço a Deus para ajudar as famílias do nosso bairro a conhecerem Seu amor incondicional. Eu vejo como os pais nesta cultura tentam ficar emocionalmente distantes nos anos de formação das crianças. Outros irmãos mais velhos costumam se importar com os pequenos. Muitas crianças, ainda bem novas, fazem os serviços de casa.  

 

À medida que compartilhamos Cristo com as famílias da nossa comunidade, sabemos que os pais devem nos enxergar como estranhos e estrangeiros. As crianças, por outro lado, estão crescendo conosco como parte das suas vidas diárias. Elas estão vendo de perto como é seguir a Jesus. Através de nós, Deus está moldando suas formas de ver o mundo e ajudando-as a encontrar Cristo em nós. 

 

Ore para que elas vejam Jesus enquanto compartilhamos do Seu amor com elas e investimos nas suas vidas.

 

Ore para que o nosso testemunho do Evangelho transforme nossa comunidade muçulmana e apresente a próxima geração a Cristo.