O chamado de Talibé

27/09/2017 20:41:13

identidade preservada

My Image

 

Talibé* estudou muitas histórias. Foram dias, horas e anos ouvindo sobre os profetas, sobre o Pai e sobre Jesus Cristo.
Durante três anos, seus ouvidos e coração receberam a mensagem do Pai. Fizemos um logo percurso histórico, desde a criação dos mundos até a chegada do Messias.


Talibé entendeu que o Messias veio em cumprimento a promessa do Pai para salvar o Homem. Passo a passo ele aprendeu orar e falar com o Pai, o que não fazia antes; apenas rezava cinco vezes ao dia e cumpria os ritos da religião predominante da família. 


Um dia ele  teve um sonho com Jesus. No sonho, ele estava perdido em alto mar, dentro de uma pequena canoa, sem remo e sem esperança, sem visão de terra firme, chorava angustiadamente. Em meio ao desespero, lembrou-se das histórias que ouvia.
Veio à sua memória os momentos em que Jesus interferiu na natureza acalmando tempestades e salvando os discípulos em varias situações de perigo.
Nessa atmosfera repleta de desconforto resolveu levantar os olhos para os céus e pediu à Jesus socorro. Ele gritou: “Jesus, se tu existes e és poderoso como mostram  as histórias, salva-me, por favor!”
Mal acabou de chamar,  Jesus apareceu e o tirou do alto mar, levando ele e sua pequena canoa nos ombros.
Talibé ficou atemorizado e sem a real certeza de quem era a pessoa que o havia livrado da morte em seu sonho. 
Ao firmar os pés na clara areia da praia, o homem de branco o chamou à uma sala ampla e muito iluminada onde havia fulanis. O Homem de branco, Jesus talvez, com suas próprias mãos,  serviu água fresca para ele e lhe ofereceu ainda um cavalo e disse: “Não tenha medo! Monta neste animal, vai e conta ao seu povo tudo que você viu e ouviu.” 
Ao contar seu sonho, Talibé me perguntou se aquele homem do sonho era realmente Jesus Cristo ou era um anjo. Eu respondi que Jesus iria responder para ele essa pergunta.
Depois desse dia, Talibé vinha todas as manhãs para me dizer que  Jesus não tinha explicado nada ainda. 


Depois de uma semana de espera, estávamos sentados, lendo os evangelhos, especificamente no texto onde Jesus chamou os seus primeiros discípulos. De repente, Talibé interrompeu a leitura e Talibé cheio de convicção, disse  que Jesus também o estava chamando para seguir os seus passos. Muito nos alegramos e juntos nos colocamos diante de Deus em uma oração de gratidão!
Após aquele momento tão especial, Talibé  declarou que agora tinha a certeza que foi Jesus quem o salvou no mar:” Estou certo de que Ele está a me chamar para segui-lo!”


Como acontece com quase todos que decidem publicamente seguir Jesus e deixar a religião local, ele sofreu muito desprezo e ameaças. Estivemos juntos e ele foi fortificado pelo Espírito Santo a seguir firmemente no Caminho.
Suas esposas, filhos, sobrinhos, irmãos, … também puderam ouvir as Histórias, receberam oração e viram o Reino chegar na aldeia com muitas manifestações de poder. Hoje, quase toda família declara que Jesus é o Senhor.
Ele já realizou um grande desejo guardado no coração: ser batizado com uma das esposas (a primeira) e o filho mais velho.

 

*Talibé nome fictício